Banco ou corretora? Onde é melhor investir seu dinheiro?

Na hora de fazer um investimento, surge uma dúvida importante: investir com Banco ou Corretora? Pode parecer uma decisão difícil de ser tomada, mas esse post vai ajudar você a fazer a escolha certa ainda hoje.

Como não basta analisar a reputação das instituições, fizemos uma espécie de comparação entre as duas possibilidades citadas, mostrando as vantagens e desvantagens de cada uma em diversos quesitos, veja:

Monitoramento do investimento

Banco: Dentre tantas outras atividades ligadas ao gerenciamento de uma agência bancária, o gerente tem ainda a responsabilidade de monitorar e ‘conduzir’ os investimentos de seus clientes. As agências maiores, evidentemente, têm uma grande quantidade de clientes e contas vinculadas a ele, aumentando o trabalho do profissional.

Sabendo disso, é fácil perceber que o tempo do gerente fica bastante fracionado, deixando-o com menos espaço livre para ver os investimentos e as carteiras de seus clientes. Além disso, o banco, devido a sua rotina corrida, acaba não analisando cada cliente pessoalmente, entendendo e pesquisando qual investimento seria mais interessante para cada um.

Corretora: As corretoras dedicam-se quase que exclusivamente a monitorar e fazer render os investimentos de seus clientes. Existem profissionais dedicados apenas a acompanhar pessoalmente alguns investidores, prestando um serviço quase que particular.

Ele analisa as necessidades e as disposições de cada cliente, e encontra o melhor investimento para cada um.

Nesse quesito, portanto, a corretora sai na frente em disparada.

Taxas

Bancos: Os bancos possuem inúmeros produtos e serviços. Os mais utilizados e mais populares são as contas (corrente/poupança), os empréstimos e os cartões de crédito. Para estes serviços o banco busca taxas menores, a fim se manter na disputa de clientes no mercado.

Quando se trata de investimentos, eles não costumam tentar melhores taxas, já que não é o foco principal da instituição.

Corretoras: De investimentos se vive uma corretora! Por esse motivo, elas precisam atrair clientes. O que elas usam para isso são as baixas taxas. Quanto menos taxa for paga, melhor para o cliente e mais atraente se torna a corretora.

Elas estão sempre em busca das taxas mais baixas e dos melhores investimentos. Mais uma vez, são melhor opção que os bancos.

Produtos

Bancos: O diferencial dos bancos nesse quesito são os produtos próprios. Os bancos oferecem CDB, que é uma espécie de empréstimo que o cliente faz ao banco e este paga de volta com mais alguma taxa de rendimento. Costuma ser um bom investimento, bastante seguro e que cabe no perfil da grande maioria de investidores. Nesse quesito, o banco é muito mais interessante.

Corretora: Elas trabalham com muitos investimentos, a maioria ligada a bolsa de valores e empresas privadas. Mas não tem os produtos próprios, que seria interessante para pequenos investidores.

Existem uma série de outros pontos a serem analisados, mas, de forma bem geral, esses são os mais relevantes. Agora, se você se decidiu pela corretora, é necessário pesquisar a reputação de cada uma, conversar com os especialistas e com investidores de cada uma delas.

Além das corretoras, é necessário pesquisar bem a respeito dos tipos de investimentos, conhecer as taxas praticadas no mercado e etc. É ainda preciso entender qual sua necessidade e ter alguma ideia do quanto se quer investir e com que finalidade. Depois disso, o profissional vai direcionar e ajudar você na tomada de decisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *